Archive for 2015

Omnitech, empresa do Grupo Skills especializada em tecnologia, chega ao Brasil!






Omnitech chega ao País com foco em IoT

Ano após ano, diversas empresas desembarcam no Brasil de olho em dois mercados cada vez mais promissores: Segurança da Informação e Internet das Coisas. Para se ter uma ideia, estima-se que as empresas atinjam o montante de US$ 75 bilhões até o final deste ano em investimentos com SI, segundo o Gartner. A mesma consultoria acredita que 6,4 bilhões de coisas conectadas estarão em uso até o início de 2016. E é graças a esse cenário que a italiana Omnitech chega ao País.

“O Brasil é um país com várias grandes empresas. E são companhias com um alto número de funcionários, muita mobilidade, BYOD e crescimento do número de aparelhos em ambientes IoT”, explicou Franco Tripi, Managing Partner da organização. Em sua opinião, a empresa chega com o desafio de enfrentar o problema de gerenciamento de identidade, o qual as organizações não sabem lidar muito bem atualmente.

Para isso, a Omnitech aposta em um modelo de segurança em especial, a Industrial Internet of Things (IIoT). “Hoje é impossível proteger tudo, portanto precisamos avaliar o tamanho do problema e definir as melhores estratégias para gerenciá-lo, criando uma forma de abordar a segurança de modo industrial”, explica Roberto Mignemi, CEO da companhia.

A organização deseja focar suas atuações nas áreas financeira e de telecomunicações. “Temos experiência nesse ramo devido a um grande projeto que realizamos com a Telecom Italia. Mas consideramos segurança uma área cross-segment, que é importante em todos os mercados. Os problemas são diferentes, mas os clientes precisam de soluções similares em todos os setores”, disse Mignemi.



Mão de obra

Para formar sua equipe, a Omnitech pretende fazer acordos com universidades, realizando treinamentos para criar um grupo de consultores brasileiros, permitindo uma integração com a equipe italiana e facilitando o crescimento no mercado. “Precisamos de pessoas inseridas na realidade do país, que falam a mesma língua de nossos clientes. Vamos recrutar estudantes de Engenharia e Sistemas de Informação nas universidades, ensinar o modo de pensar da Omnitech, da mesma forma como fizemos nos outros países, o que deu muito certo”, explicou Tripi.

Cientes do alto número de turnover entre profissionais desta área, os executivos esperam que trabalhar em projetos específicos e em indústrias diferentes seja um diferencial para amenizar este risco. “Nós damos a possibilidade aos colaboradores de conhecer vários campos de atuação. Dessa forma, quem trabalha conosco poderá conhecer tecnologias em diversos setores e ter contato com novas áreas de segurança”, explica Mignemi.

Inicialmente, a empresa deseja se estabelecer no Brasil para depois expandir em outros mercados latino-americanos, como Colômbia e México. “Essas são outras grandes áreas em expansão depois do Brasil e, apesar dos problemas econômicos atuais, alguns investimentos não podem ser adiados. Às vezes, há casos em que um CSO não desenvolve um projeto porque custará muito. Então, analisamos a situação e propomos algumas adaptações, usando cloud e outros recursos que trazem economia e garantem a mesma ideia inicial de forma diferente. Essa é uma ótima oportunidade nos tempos de crise”, acredita Tripi.




Entrevista realizada por Alexandre Finelli
Publicada em 08/12/2015 pelo canal Risk Report

Conheça a Skills Brasil

www.skillsbrasil.com.br
segunda-feira, 14 de dezembro de 2015
Postado por Skills Brasil

Não dê mais um cartão de fidelidade ao seu cliente, dê um Aplicativo da sua marca.



Não é preciso argumentar sobre a importância de fidelizar seus clientes. Oferecer uma experiência de compra única assegurará a satisfação do real dono do seu negócio; e um consumidor satisfeito, tende a comprar novamente da sua marca. Entre as estratégias para garantir seu retorno está a criação de programas de fidelidade e benefícios. Vemos, entretanto, o nascimento de inúmeros programas, cartões, bilhetes, folhetos e regras que não cabem mais na cabeça, carteira e hábito do seu cliente. O que fazer? 

Simplifique seu programa, aproxime-se do seu cliente, facilite o resgate de pontos.

Certamente o primeiro passo na fidelização é entregar um produto de qualidade, com custo benefício adequado e atendimento ao cliente diferenciado. Mesmo assim, o consumidor tem inúmeras alternativas de compra e poderia testar outro produto em sua próxima ocasião de compra. Programas de fidelidade criam um vínculo entre fornecedor e cliente nos intervalos de consumo, aproximando-o à marca e incrementando a probabilidade de retorno. 

Mas nem tudo são flores. Consumidores participam de inúmeros programas e raramente usufruem dos benefícios. Ninguém sabe quantos pontos tem. Acumula-se durante uma vida, e no momento do resgate, vê-se como alternativa de compra um produto simples, que não atende às expectativas. Recompensas não retiradas significam que, no longo prazo, seu programa perderá valor. Além disso, seu cliente tem de carregar consigo diversos cartões diferentes. O objeto físico tangibiliza a oferta e gera uma sensação de premiação - o que é positivo - mas existem formas mais eficazes e menos incômodas de fazer parte da vida do seu freguês. Note ainda que plataformas de benefício de terceiros (como Múltiplus, Dotz e outras) oferecem uma oferta de resgates ampla mas não aproximam seu cliente da sua marca, não lhe dão visibilidade e não geram ocasiões de retorno.  

Para tornar sua estratégia mais efetiva, integre seu programa de fidelidade ao canal de relacionamento. Lance um App para seu negócio que traga consigo o programa de benefícios. Esqueça cartões, portais de terceiros: faça um aplicativo com o nome da sua empresa ou produto e agregue seu programa de relacionamento. Seja uma loja, um mercado, restaurante, posto de gasolina, indústria de beleza, cabeleireiro ou pet shop. Você terá motivado o cliente a baixar o aplicativo, o que significa que ele carregará sua marca consigo dia e noite. Melhor que isso impossível! 

Apps precisam ser úteis aos usuários, caso contrário cairão em desuso rapidamente. Um programa de fidelidade juntamente com a prestação de serviço ofertada pelo App justificarão sua manutenção na disputada interface do cliente. Você poderá criar um canal de comunicação, pedidos, reservas, vendas, delivery. Você não estará somente fidelizando o cliente mas gerando oportunidades de up-selling e cross-selling. 

Finalmente, o resgate. Entregue à mão do seu cliente suas alternativas de produtos ou serviços disponíveis. Preferencialmente, suas próprias ofertas. Permita trocas rápidas e frequentes, crie ocasiões de retorno a seu ponto de venda. Tudo no App.

A evolução tecnológica tornou essas possibilidades acessíveis a negócios de qualquer tamanho. Preocupe-se com seu cliente e com sua estratégia de fidelização. Deixe conosco torná-lo realidade.

Se curtiu, compartilhe!!

Para conhecer mais sobre nossos cases e produtos ou estiver interessado em criar seu App para programa de fidelidade, acesse nosso site.

Renato Bueno
@rvbueno
Managing Director Skills
segunda-feira, 30 de novembro de 2015
Postado por Skills Brasil

Pare de dividir os lucros do seu restaurante, faça um App para delivery!


O mercado brasileiro de Food services deve fechar 2015 com quase R$150bi de faturamento. Grande parte desse volume é delivery, que vem crescendo a uma taxa de 15% a/a. Como no mercado hoteleiro, o setor viu uma explosão de demanda da internet, concentrada em portais como o pedidos já, ifood, restauranteweb. Ao mesmo tempo que esses canais são excelentes geradores de leads, são também um custo elevado sobre a venda, impactando diretamente a lucratividade do negócio - foco primordial em tempo de crise econômica. Mas o que os restaurantes delivery podem fazer?

Mantendo a comparação com os principais hotéis brasileiros, as grandes marcas hoteleiras têm investido em marketing digital e estratégias de fidelização para incentivar os clientes a migrarem para seus canais diretos: seus próprios websites. A oferta de programas de benefícios associados a descontos têm se mostrado uma estratégia efetiva de conversão de vendas. Os clientes encontram a marca pela primeira vez através dos grandes portais, adquirem o quarto e, durante a estadia, o hotel procura educar o cliente a dirigir-se diretamente ao canal direto motivado pelos diversos benefícios. Mas como seguir o mesmo caminho em de delivery de comida? 

Em um primeiro momento uma pizzaria, ou restaurante japonês questionaria: não sou capaz de efetuar os mesmos investimentos que um hotel. A boa notícia é que não é necessário um grande investimento. A evolução da tecnologia nos últimos anos permite o lançamento de portais de venda na internet e aplicativos móveis com investimento reduzido.

Enquanto sites responsivos são uma alternativa interessante para pedidos online, são aplicativos para restaurante que oferecem o maior potencial de conversão de clientes.


Apps para delivery permitem o acesso rápido, além de salvar os principais dados do usuário, facilitando seu pedido: poucos cliques e  pronto. Apps oferecem uma experiência de navegação no cardápio mais veloz, com acesso mesmo em conexões de internet medianas, muito comuns no Brasil. O mais interessante entretanto, é a possibilidade de criar programas de fidelidade e cartões/vouchers de desconto integrados no App. A motivação principal para que os clientes migrem para o novo canal. 

Instrua seus entregadores a comunicar a promoção aos clientes em cada entrega. Apresente os benefícios de vouchers de desconto e programas de fidelidade do App. Você se surpreenderá com o volume de downloads obtidos rapidamente.

Uma vez que o cliente tenha baixado o App com a sua marca, as possibilidades são infinitas: Envie push notifications (mensagens no App) com promoções específicas, localizadores da unidade mais próxima ou cobertura de entrega através do GPS. Um restaurante chinês, comidas saudáveis ou sanduíches pode lançar promoções, divulgar novidades. Integrando seu conteúdo com redes sociais, a casa incentivará o compartilhamento nos canais onde está presente, gerando ainda mais leads e conquistando novos clientes.

Finalmente, recomendamos a criação de um App com a marca do próprio restaurante: fuja de produtos genéricos e reforce seu nome e sua relação com os clientes, que efetivamente a carregarão consigo dia e noite, e possivelmente olharão pra ela dezenas de vezes ao dia. Pintando uma fome... Clique!

Lançar um App para seu restaurante delivery permite não só a migração de clientes para um canal de custo zero como permitirá a elevação da frequência de consumo de seus clientes.


Se curtiu compartilhe!

A Skills Brasil tem um excelente produto para construir seu App, com sua marca e todas as funcionalidades que conversamos com rapidez e baixo custo. Conheça o App Bar e Restaurante ou assista aqui um vídeo bacana sobre a solução.

Boas vendas!

Renato Bueno
@rvbueno
Managing Director Skills
segunda-feira, 23 de novembro de 2015
Postado por Skills Brasil

Por que investir em Marketing Digital?




Essa semana me perguntaram: Por que devo investir em Marketing digital? 

Devo ser sincero que não me defronto com esse questionamento todos os dias. E isso porque estou no front dessa linha de batalha. 

Sabendo que seu objetivo era incrementar suas vendas me surpreendeu a pergunta. Resolvi, portanto, atualizar-me quanto a alguns números que sustentassem minha plena convicção e experiência. 

Aí estão:

  • 45% da população brasileira está online;
  • Metade dos Brasileiros conectados passa em média 5h na internet! Mais que na TV (4,5h) e rádio (3,6h);
  • Brasil é líder no tempo gasto em redes sociais, 60% acima da média mundial; 
  • Redes sociais têm 78% de penetração no Brasil;
  • 45% dos acessos ao facebook são Mobile;
  • Brasileiros acessam mais de 100 vezes ao dia o smartphone;
  • 61% dos consumidores buscam revisões online antes de comprar;
  • 88% dos consumidores dizem que confiam em revisões online tanto quanto recomendações pessoais;
  • 81% dos compradores buscam na web antes de comprar;
  • 80% dos compradores buscam termos genéricos e não marcas específicas na internet.
Em síntese, seus clientes estão online e com grande frequência, mobile. Acessam redes sociais sempre, diversas vezes ao dia. Procuram na web antes de comprar e não necessariamente por uma marca conhecida. 

Conclusão: seja encontrado por seu cliente e gere uma ocasião de venda. Simples assim.

São inúmeros os casos de sucesso em marcas de todos os setores, regiões e tamanhos. Estudos comprovam RoI até 3.6 vezes maior em campanhas digitais que em ações na TV. Mais ainda, que os resultados são até 2x maiores quando ações digitais são combinadas com ações na TV, trade, rádio.

Enfim, para quem ainda tem dúvidas, digital e mobile marketing devem ser levados a sério em sua empresa.

Se precisar de ajuda para gerar novos leads em ações online, fale com agente na Skills .

Renato Bueno
@rvbueno
Managing Director na Skills

Fontes:
quarta-feira, 18 de novembro de 2015
Postado por Skills Brasil

Os benefícios de Apps para Bares e Restaurantes



Por que seu bar ou restaurante precisa de um App? Quais os benefícios de Apps comparados a websites responsivos? Simples, Apps garantem mais clientes frequentes. Descubra nesse artigo como um App pode aumentar a receita do seu restaurante.

Mesmo que um restaurante tenha um website responsivo, o que normalmente não é verdade para a maioria dos restaurantes, o lançamento de um aplicativo lhe trará inúmeros benefícios.  Você receberá mais clientes e com maior frequência e poderá servi-los mesmo quando eles não estiverem em seu restaurante. 
Qual meio de comunicação você acredita ser mais efetivo com convidados? Mandar-lhes um e-mail e esperar que visitem seu site acidentalmente? Ou levar a experiência do seu restaurante para junto de seu cliente, com toda sua mídia social em um só lugar e seu cardápio diário disponível no smartphone? E você sabia que a maioria das pessoas reserva uma mesa enquanto ainda está no trabalho? Permita que seus clientes reservem sua mesa com tranquilidade e facilidade de qualquer lugar.

Aplicativos atendem à expectativa dos clientes

Seus clientes amam seus smartphones. E o usam para praticamente tudo: buscar restaurantes próximos, estudar seu menu, verificar seu horário de funcionamento, ler opiniões e fazer reservas online. Uma boa e agradável experiência torna-se cada vez mais importante e somente um aplicativo móvel para restaurante atende a essa expectativa. Apps integram-se às funcionalidades do telefone, tais como: ligue agora, reserve e navegue automaticamente.


Um clique leva à interação

Seu logo do App para restaurante é certamente visível na tela do smartphone do seu público. Seu cliente está somente a um click de distância da informação e interação que precisa. Compare isso com o trabalho necessário para encontrar seu website: abrir o browser, esperar conexão, digitar a URL (endereço web) ou ainda fazer uma busca e poder perder o cliente para um competidor. Um App comunica ‘Ei, que bom vê-lo de novo! Como posso ajudar?’ diversas vezes ao dia. Difícil tornar mais fácil para um cliente fazer uma reserva ou um pedido.

Uma experiência única e acolhedora

Uma vez que seus convidados abrem seu aplicativo, você está dando a eles uma experiência única e hospitaleira. Toda a informação e mídia social, até mesmo sua fanpage facebook é apresentada de forma clara e customizada com seu estilo. Navegar é rápido, amigável e simples. O cardápio, quase automaticamente, levará a uma reserva de mesa.

Turbine seu Marketing Digital

Com um aplicativo para bares e restaurantes, se abre um novo leque de possibilidades de Marketing Mobile. Apps permitem a comunicação direta com o usuário: envie promoções e ofertas, descontos e informações sobre eventos especiais. Sua promoção do dia, entregue instantaneamente na palma da mão de seu cliente.


Um App pode enviar push notifications para todos ou segmentos, regiões específicos. Simplesmente mande uma mensagem push aos clientes próximos a você. Ainda não reservou seu almoço? Encaminhe uma oferta a todos seus clientes a um kilômetro de distância. Programe as mensagens e elas serão encaminhadas automaticamente.  Ou use seu próprio App para isso. Gerencie tudo de perto e em tempo real. Mensagens push são uma ferramenta de marketing muito efetivo nativo em seu App.

Programa de fidelidade

Clientes de restaurantes são normalmente fiéis. Se eles gostam do seu restaurante, provavelmente retornarão. Qualquer um que instale seu App está interessado nele e planeja voltar. Um App encoraja o consumidor a retornar antes e visitá-lo com mais frequência.


Um programa de fidelidade para o cliente, que pode facilmente ser integrado ao App, aumenta visitas recorrentes. Usuários que participam de um programa de fidelidade têm grande probabilidade de retornar. Com um App para restaurante você terá um moderno programa de fidelidade que é parte do seu App. Cartões separados e carimbos não são mais necessários.
E faça muito mais! Dê a seus clientes um benefício extra: ensine a cozinhar e compartilhe algumas de suas receitas preferidas. Isso assegura que seus clientes continuarão a usar seu Aplicativo e estar perto de sua marca.

Para lançar rapidamente seu App, com qualidade e baixo custo fale com a gente! http://skillsbrasil.com.br/app-bar-e-restaurante.html

Renato Bueno - @rvbueno - Managing Director Skills Brasil

Crédito: Appmachine.


sexta-feira, 9 de outubro de 2015
Postado por Skills Brasil

O Marketing e os Millennials, os 2M's da nova era.

Como fazer um bom marketing na era dos Millennials



Em novos tempos digitais, os desafios aparecem constantemente e nos forçam a mudar a trajetória de ideias e pensamentos a todo tempo.
Fazer um planejamento estratégico a longo prazo se torna inviável, e novas ações tem de ser tomadas de forma rápida e assertiva.

Essa é a era dos Millennials.

Antes de mais nada, vale salientar que essa geração é flexível, aceita mudanças e precisa delas constantemente.
Jovens, nascidos entre 1980 e 2000, hoje ocupam a maior parte do mercado como líderes, chefes, gestores e ainda, nada mais nada menos, que o mercado consumidor.
Influenciadores e decisores, este grupo busca experiências e informações que tenham valor e promovam a lembrança da marca de forma positiva, sem soar como superficial ou persuasiva.
A junção do M do Marketing com o M de Millennials, formam o que chamo de 2M's da nova era, onde a integração só pode ser perfeita, se a relação for construida com transparência, honestidade e confiança.
E como lidar com esse pessoal? Como fazer um marketing direcionado e focado neste grupo que nasceu na entrada da era digital? Como passar solidez e ser realmente comercial?


Seja atrativo mas não invada o espaço alheio



Um dos itens que se destaca entre estes jovens é a sobrecarga por dificuldades financeiras mais do que as gerações anteriores, o que os torna céticos em relação às marcas. Se preocupam em perder o emprego, enfrentar dificuldades. Buscam toda informação na internet e confiam muito mais em indicações de amigos do que em um anúncio em si.
Estes literalmente formam a letra P de pessoa nos novos “5 P’s”.
E nesse meio a comunicação deve ser espontânea, natural. O consumidor absorve e interage com a comunicação, criando um vínculo de conexão pessoal com a marca.
As redes sociais podem auxiliar e muito nesta tarefa, utilizando-se de estratégias divertidas para mexer com a emoção dos jovens e viralizar o conteúdo. E não precisa de divulgações excessivas, quantidades não os atraem.
Seja autêntico e original sem perder a utilidade


O comportamento desta geração comumente é atraído por uma comunicação relevante, que surpreenda e instigue a busca por mais informações. O marketing de conteúdo ou Inbound Marketing quando aplicado corretamente em campanhas digitais, faz bem esse papel, ofertando aos consumidores aquilo que eles desejam: uma relação de confiança e proximidade com a marca.


Demonstrações de seus produtos ou serviços por meio de vídeos, imagens e textos interessantes é uma forma de inserir a sua marca nos hábitos de compra e na vida dos consumidores, visto que cerca de 80% deste nicho assiste conteúdos audiovisuais enquanto compram produtos online*. É a forma de vivenciar uma experimentação de acordo com a visão de uma terceira pessoa.
Eles podem se influenciar, por exemplo, por alguma causa que a companhia apoie, optar pela escolha de um produto A ou B pelo real posicionamento da empresa, se identificar com os valores e visões das organizações, desde que estes sejam legítimos, ou ainda recebendo recomendações de outros usuários sobre os benefícios do produto.


Já notou que estamos na era digital?


As mudanças devem partir de dentro para fora, isso porque essa geração de Millennials, transformaram não somente o consumo, mas também as formas de relacionamento e métodos de trabalho.
Quem quer falar para o jovem precisa pensar como um. Se conseguir entender o seu próprio funcionamento fica mais fácil atingir o consumidor.
Esse público gasta a maior parte do seu dia na internet, o que proporciona às marcas a oportunidade de estarem mais próximas aos seus clientes. Porém, o excesso de informação peca neste resultado, quando as marcas querem falar a todo o momento com esse público. Quando a rede e a mensagem perdem a relevância, satura a imagem da marca e distancia seus possíveis seguidores, fazendo com que alternem entre outros canais de comunicação existentes, ou simplesmente deixem de fazer parte desse ciclo buscando outras alternativas. O forte dessa geração com certeza é a criatividade e geração de oportunidade.
Ainda que a web seja importante, outros canais não podem deixar de receber investimentos principalmente em ações nos locais que frequentam. Aproveite as ações de trade e eventos pontuais para promover experiências, renovar o engajamento e estabelecer laços. São ações fundamentais para aproximação com o seu cliente.

Parece mesmo difícil compreendê-los, até porque eles vivem orientados ao incrível. Mas vale ressaltar que "para sobreviver devemos sempre nos adaptar às mudanças", conceito imortalizado por Charles Darwin.
Então esteja próximo ao seu cliente, mas respeite o seu espaço, seja autêntico e verdadeiro, demonstre honestidade em suas propostas de valores, não cometa excessos mas marque a sua presença, analise e compreenda como funciona o comportamento desses jovens e ofereça oportunidades incríveis para que vivenciem os produtos e serviços.

Se gostou do artigo compartilhe com seus amigos.
Para conhecer melhor a nossa atuação nesse mercado acesse o nosso site skillsbrasil.com.br.

Um abraço,



Michelle D’Angelo
Marketing & Design Manager na Skills Brasil
Skype: michelle.lage
E-mail: michelle.dangelo@acskillsgroup.com

*Dados da pesquisa realizada pela HubSpot em parceria com a Sambatech disponíveis no e-book: “Como trabalhar seu Marketing com os Millennials”, 2015.

quinta-feira, 16 de julho de 2015
Postado por Skills Brasil

Como você faz a gestão de sua equipe de vendas?


Multiplique a performance em sua equipe de vendas



O gerente de vendas é o responsável por motivar, treinar e dirigir a equipe de vendas, além de, continuamente, buscar resultados mais expressivos, superando as metas estipuladas.
Uma característica básica é a liderança e atuar como um coach de vendas faz com que  os vendedores compreendam que o verdadeiro papel da pessoa por trás das vendas é auxiliar e não apenas cobrar.

Traçar os objetivos comerciais, cobrar resultados em meio ao processo de vendas e detectar falhas e acertos, estimulando e auxiliando a equipe a aumentar a eficácia/eficiência nas vendas não é tarefa fácil para o dia a dia, ainda mais se estivermos falando em crise.

Ao mesmo tempo, eles devem estar o máximo de tempo fora da empresa, atendendo clientes, fazendo nos contatos e aumentando a rede de relacionamento.

Como então multiplicar a performance de vendas?

Existem 4 pontos que quando bem definidos, auxiliam na organização dos seus objetivos, promovendo um maior controle sobre as atividades:

Planejamento:
  • Analise todos os aspectos que fazem parte da área de vendas: processos, pessoas da equipe, finanças, tecnologias, material de apresentação, apoios internos e externos.
  • Defina claramente os objetivos e quantifique as metas comerciais, tornando-as claras e práticas para todos os componentes da equipe.
  • Defina o que será feito e por quem, estabelecendo sempre o prazo limite para a conclusão.
Organização:
  • Coloque as pessoas certas nos lugares certos. “Primeiro quem”, depois o restante...
  • Distribua as tarefas com assertividade.
  • Delegue autoridade, apoiando os responsáveis.
  • Defina normas e regras para direcionar o modelo mental e o perfil das decisões.
Direção:
  • Crie um ambiente de trabalho voltado ao profissionalismo.
  • Embase suas conversas e atitudes em fatos, dados e evidências, nunca em “achismos”.
  • Entusiasme todos da equipe, mantendo-se também entusiasmado.
  • Oriente e dê apoio, buscando o desenvolvimento das pessoas.
Controle:
  • Acompanhe diariamente todas as atividades da equipe, avaliando resultados, rastreando as causas dos erros e aprimorando os acertos.
  • Corrija os erros imediatamente, atuando nas causas. Individualmente, quando as falhas forem de um só membro da equipe, e coletivamente quando todo o grupo necessitar evoluir.
  • Monitore os resultados, procedimentos e comportamentos.
  • Tenha indicadores de desempenho e metas individuais, por equipe e para a empresa
E se você puder contar com tudo isso em um aplicativo?

Planejamento, Gestão, Controle e Integração em um único lugar e sempre à  mão de seus vendedores.
Análise de dados, roteiro de vendas, agenda de visitas integrada com o seu CRM, treinamento de novos produtos ou novas abordagens, demonstração inovadora do seu negócio e outras diversas possibilidades que se adequam ao seu dia a dia.


A Skills Brasil te ajuda a driblar a crise e descobrir novas oportunidades.
Conheça as nossas soluções, visite o nosso site.


Um abraço

Michelle D’Angelo
Marketing & Design Manager na Skills Brasil
@michelledangelo
Skype: michelle.lage
E-mail: michelle.dangelo@acskillsgroup.com

quinta-feira, 9 de julho de 2015
Postado por Skills Brasil

Posts Populares

R Terra, 240 sl 102 - Santa Lúcia, Belo Horizonte/MG- CEP: 30360-500

Telefone: +55 31 3243 4683 - E-mail: contato@acskillsgroup.com


©Copyright 2014 - Skills Brasil. Todos os direitos reservados.