Archive for 2017

Afinal, para o que serve Marketing Digital?


Você pode até não perceber mas ele faz parte de todos os momentos de seu dia, se você tiver um computador, um tablet ou um smartphone.
Esse segmento não é assim tão novo e já vem sendo praticado há mais de duas décadas pelo "pai do marketing", os Estados Unidos.
Mas pois bem, o que é isso? Para o que serve? Quem pode ter ou fazer?
Simplificando, o Marketing Digital serve para promover produtos ou marcas nas mídias eletrônicas.
Esta é a geração que as ideias saem do papel, saem do exclusivo, do anonimato e se tornam grandes, expansivas, compartilhadas, LÍQUIDAS.
Porém, tornou-se o canal mais próximo e efetivo para se comunicar com os clientes, de forma direta, assertiva em quaisquer que sejam os locais ou horários.
Pesquisas internacionais apontam que até 2020, existirão mais de 7,7 bilhões de conexões ativas, isso significa 2 terços da população mundial com acesso à internet.
Novas modalidades e segmentos aparecem todos os dias, eu ainda prefiro dizer que apesar das possibilidades serem infinitas, o marketing tem um uso específico.
E posso citar aqui uma grande novidade nessa área, da qual venho dedicando meus estudos, o Digital Coaching.
Parece estranho mas o marketing pessoal na era digital também precisa de processos e planejamento. Ser uma #persona digital de grande valor ou um #influencer requer uma orientação e acompanhamento.
Seja reconhecimento, venda, branding ou estratégia de mercado, o marketing promove e traz resultado. Tanto que a Coca-Cola, a marca mais conhecida do mundo, reserva 10% de cada venda em qualquer produto para marketing e publicidade. 

Não é a toa que as gigantes realmente sabem como aparecer.
Mas quanto os profissionais podem ponderar e dividir o seu tempo para conciliar atividades profissionais e pessoais nas redes sociais?

Como fazer suas redes terem qualidade para vincular a sua imagem?
Eu me sinto responsável em humanizar as redes sociais, criar vínculos efetivos e de qualidade entre a #web e o mundo real.

Acredito que possamos unir tudo. Que a cada novo dia a tecnologia se aproxima dos humanos e já  está  presa em nosso dia a dia.
É  possível ser quem você realmente é, mesmo que online. 
A vida é muito curta para fingirmos ser o que não somos.
Claro que é maravilhoso estar bem sempre, mas melhor ainda é deixar que seus amigos e clientes percebam a sua transparência, para que possam te ajudar de verdade a construir um grande alicerce.
Todos nascemos movidos a fazer algo para alguém. Demonstrar quem você é não é sinal de fraqueza, mas sim de coragem.
Hoje precisamos deixar de ser apenas mais um igual a todos. 
Não precisamos nos encaixar em um grupo.
Precisamos mostrar que somos diferentes por sermos nós mesmos.
Cada qual com a sua ideia, crença, estilo.
A formação do famoso ciclo do relacionamento digital, depende somente do seu conteúdo, das suas inspirações, do seu conhecimento.
Assim o #digital sai da caixinha e se torna um rei de verdade, levando ao primeiro patamar de confiança, relevância e conversão com seus clientes e seguidores.
Mas esse é um tema para falarmos nos próximos posts.
Tem alguma sugestão para um novo conteúdo? Gostou deste tema? Me conte, compartilhe!
Até já! ;)
Michelle D'Angelo
terça-feira, 31 de outubro de 2017
Postado por Skills Brasil

Por que devo investir em anúncios, links patrocinados e SocialAds?

Bem, essa é uma pergunta constante de nossos clientes e amigos. Por que pagar um anúncio no Facebook? O que faz o Google Adwords? Para que serve ter mais visitas em meu site?
Falar em publicidade em revista, jornal, rádio e TV, é bem fácil e claro de entender, certo? Mas e quando pensamos em anunciar na internet? Parece um conceito bem vago, não é mesmo?
No universo da mídia paga online, existem muitas formas de fazer publicidade. Anúncios no Facebook, links patrocinados, banners, conteúdos patrocinados em blogs, chamadas em vídeo no YouTube e tudo isso faz parte do universo da mídia paga online.
A mídia paga online nada mais é que qualquer tipo de publicidade feita na internet. Ou seja, você cria um anúncio e paga para que algum tipo de veículo mostre sua campanha ou conteúdo aos usuários.
E acredite, você tem muitas razões para investir em mídia paga.
Conheça 6 razões para investir em mídia digital:

1- Gera tráfego e aumenta a visibilidade

Se você está online, você pode receber um clique! Todo anúncio é clicável na internet e fica disponível em todo o tempo que desejar, inclusive 24 horas por dia, 7 dias por semana. Levar um cliente ao seu site é construir uma oportunidade de fechar negócios e vendas, mas acima de tudo e mais importante, é uma chance de amarrar um relacionamento duradouro de cumplicidade e fidelidade com a marca.
O tráfego é um dos elementos mais importantes para te posicionar bem na busca orgânica (SEO). Quanto mais visitas de qualidade mais você pode alcançar o topo da primeira página no Google.

2- Pode trazer resultados rápidos

Trata-se de uma estratégia que tem, geralmente, resultados no curto prazo. Você poderá observar os resultados algumas horas depois de seu anúncio ter sido publicado.

3- As mais famosas e queridas do mercado digital

Os mais conhecidos modelos de acesso a mídia paga estão condicionados às Redes de Pesquisa como o Google e às Redes Sociais mais populares: FacebookInstagramYoutube e Linkedin.
Os anúncios nos buscadores com os links patrocinados, garante que a pessoa que está buscando um produto ou serviço seja atingido em cheio pela sua presença. O desejo dele já foi despertado, ele já tem as informações de que precisa e está perto de comprar. Anunciando nos buscadores, os clientes passam a reparar em seu negócio com grande probabilidade de efetuar a compra final.
Ainda em tempo, a maior parte dos consumidores buscam preços e reconhecimento da empresa pela internet. Notoriedade é estar presente no mundo digital e possuir ótima recomendação e reputação de parceiros, clientes, colaboradores e fornecedores.
Já no segundo caso, buscar as redes sociais para divulgar o que é de fato importante para sua empresa, ajuda e muito na aproximação com o seu público. Pode-se ter diversas redes ou apenas a que mais possui o nicho de interesse ao seu negócio.
Cuidado! Digitalmente seus clientes são bem sensíveis.
Fato importante para o uso de várias redes é o conteúdo ser direcionado, de qualidade e realmente relevante aos seus seguidores. Afinal, ninguém quer ser invadido de propagandas e vendas comerciais nos momentos em que está se divertindo no seu espaço virtual.
Conteúdo bom e eficiente combina publicidade com informações importantes. Se você é arquiteto por exemplo, oferecer dicas de como organizar móveis em ambientes pequenos pode ser um bom gancho para encontrarem a necessidade em redesenhar todo o apartamento e te convidarem para isso.
Divirta-se atraindo possíveis compradores para o seu site e os deixe sempre próximos à sua marca.

4- O investimento é flexível

Se você não possui logo de cara um grande orçamento separado para investir em marketing digital, não se preocupe. Até conhecer melhor as ferramentas, você pode investir pouco e em muitas redes o investimento é bem acessível.
Os valores são escolhidos por você e de acordo com o que você pode gastar. Não existem surpresas com valores indesejáveis no fim do mês.
Muitos canais de veiculação de anúncios fornecem bônus em reais para os novos entrantes, como exemplo o Google Adwords que oferece créditos de R$ 150,00, o Facebook com valores de R$50,00 e assim por diante.

5- Campanhas mais segmentadas

Quando você anuncia em uma revista, por exemplo, tem apenas uma vaga ideia de quem são as pessoas que vão ter acesso à publicidade, ainda com base nas informações do público assinante ou que responde vagamente às pesquisas relacionadas. Contudo, no universo online isso é bem diferente.
Primeiro, você pode escolher o momento de compra: pode anunciar enquanto o consumidor está se entretendo, consumindo conteúdo, consultando preços ou tendências e até na pesquisa final de compra.
E também pode segmentar o público por sexo, idade, localização, preferências, interesses e até poder aquisitivo. Quanto mais especificar o seu anúncio, mais chances terá de concluir a venda.

6- Todos resultados na ponta dos seus dedos

É possível medir absolutamente todo o tráfego, o quanto custou, o quanto realmente seu anúncio é efetivo, quanto converteu e gerou de novos leads.
As mídias patrocinadas possuem relatórios bem completos e parrudos. Tudo pode ser mensurado, desde o tempo de visita em seu site, o tempo de permanência em cada página, os locais e assuntos de maior interesse e por consequência mais clicados, enfim, uma enxurrada de insights positivos sobre como direcionar o seu produto, serviço e imagem na internet.
Ainda em tempo, acompanhar a experiência do seu cliente, checar a efetividade de seu posicionamento são sempre medidas muito importantes para se diferenciar no acirrado mercado dos "likes" e "clicks" digitais.
Já checou a sua concorrência?
Provavelmente o seus concorrentes já fazem alguma ação orientada ao mundo digital. Fazer uma análise bem direcionada de benchmarks ajuda e muito nas decisões sobre o que, como e quando fazer.
Apareça mais, se equipare com os outros players do seu segmento. Geralmente algumas empresas optam em aparecer em conjunto com grandes empresas aproveitando o gancho de sua aparição digital para ganharem notoriedade.
Pense nisso.
Gostou do artigo? Compartilhe, comente, quero ler os seus feedbacks!
Postado por Skills Brasil

As importantes mudanças que movimentam as estratégias do Marketing Digital














O marketing sempre sofreu alterações rápidas e constantes. 
É preciso sempre estar antenado à novidades e novas tendências, além de captar a movimentação das empresas mais maduras do mercado para entender para onde estamos indo e onde chegaremos.
Com os meios digitais não é diferente. Atualmente as mudanças são tão rápidas e constantes que mesmo as empresas mais estruturadas digitalmente sofrem com as mudanças, não conseguindo acompanhá-las com a mesma agilidade com que acontecem.
Este ano, em março e abril respectivamente, os especialistas Nadav Olmert @nadavolmert e Scott Rigby @rigbyscott revelaram em seus artigos alterações significativas para o momento digital atual.
Em pesquisa recente, Rigby, Head of Digital Transformation na Adobe e sua equipe, identificaram 4 elementos que precisam estar em constante equilíbrio para o sucesso e a maturidade das empresas no marketing digital: marketing orientado à dados, à experiência do cliente, ao mobile e o marketing cross-channel. 
  1. Marketing orientado à dados: Use os dados de seus clientes para realmente compreender, ter insights e gerar novas oportunidades. Integre e centralize as informações online e offline para transformar conhecimento em ação.
  2. Experiência do cliente: Esta é a era da personalização, em que o marketing é orientado ao indivíduo. Crie experiências significativas, pense em cada ponto de contato como uma conexão e automatize conteúdos mais personalizados.
  3. Mobile: Dedique tempo e priorize o investimento em sites amigáveis e aplicativos que promovam uma boa navegação e experiência aos usuários de smartphones. Os acessos já ultrapassam os dos desktops e estão a todo momento promovendo uma oportunidade de contato com o usuário.
  4. Cross Channel: É necessário entregar informação de maneira consistente em todos pontos de comunicação. Comece internamente em sua própria organização. Podem ser necessários investimentos em tecnologia, processos, ferramentas e sistemas para garantir uma mensagem homogênea em todos os canais. Entenda o percurso e o ciclo de vida do seu cliente.
Já Olmert, Director of Business Development na DiscoverSDK, identificou 7 pontos relevantes para o ano digital de 2017 e podem ajudar você a checar se a sua empresa está dentro das tendências ou se terá que replanejar a atual estratégia digital. Confira:
  1. Inteligência Artificial Cognitiva: A AI - Artificial Inteligence, compreende uma grande escala de dados utilizando algoritmos que aprendem de máquina a máquina. Com ela, será possível definir o sistema de marketing para prever informações de cada segmento de atuação do mercado e configurar campanhas diferentes em diversos canais com base de segmentação complexa e variada.
  2. A voz do SEO: Alto falantes inteligentes estão sendo vendidos pelas gigantes Amazon e Google. Estes Gadgets fornecem uma experiência totalmente gerenciada pela voz e estão interligados com todos os maiores buscadores do mundo. O marketing de conteúdo terá que "conversar" com o seu público, colocar a voz para funcionar.
  3. Personalização: Aqui novamente vemos esta tendência como um apontamento crucial par ao negócio. As ferramentas de personalização permitem que a experiência de seu usuário seja levada a um nível novo, personalizando as interfaces dos sites para caber nas necessidades de cada individuo.
  4. Segmentação Psicográfica: A capacidade de localizar e identificar usuários com base demográfica e geográfica, e receber dados de forma imediata, tendem a mudar a forma como nos relacionamos com o público. Com a quantidade de dados e avaliações dos usuários e a necessidade do público em avaliarem uns aos outros, é possível determinar exatamente o tipo de comportamento psicográfico das audiências e adaptar a mensagem certa para o público certo, atraindo uma grande base de leads e clientes.
  5. Facebook é REI: Isso mesmo, até poucos anos atrás, Gates falava que o conteúdo era o rei, mas hoje assume seu trono, o Facebook. O Facebook tem realizado muitas alterações para ser utilizado como uma mas principais ferramentas do marketing digital. E não é para menos. Recentemente foi lançada uma ferramenta para anúncios que permite interagir com o público, solicitando aos visitantes diversos tipos de informações, como endereço, e-mail e número de telefone. Outra novidade é o chatbot analytics, uma ferramenta que inicia as conversas com os usuários sobre um produto ou serviço como Messenger. O Facebook Live, já conhecido entre os usuários, também se mostrou uma ferramenta de alto engajamento, proporcionando a conexão em tempo real com as pessoas, aumentando o envolvimento em mais de 175%.
  6. WhatsApp para empresas: Essa pode ser a novidade mais interessante deste ano. Entre junho e julho, uma nova atualização deste aplicativo de mensagens permitirá que as empresas sem juntem a plataforma com perfis empresariais. Uma grande notícia, já que um consumidor médio verifica o telefone 150 vezes ao dia e checa existência de mensagens de texto de 10 em 10 segundos.
  7. Google: O Google é um dos maiores ditadores de tendências digitais do mundo. E em março do ano passado, o Google anunciou o lançamento do Google Optimize 360°. Esta ferramenta testa diferentes variações do seu site e adapta para oferecer a melhor experiência personalizada que funcione melhor para cada cliente. Tudo isso já integrado ao Google Analytics.

O Marketing Digital aparentemente é um enorme emaranhado de informações em diversos tipos de códigos e ferramentas. Acredite, é mesmo! Mas é possível fazer um bom trabalho, pensando sempre na mensagem em que o seu público gostaria de ler antes mesmo de começar a escrever, de forma preditiva.
Bem, espero ter ajudado com a sua busca e de alguma forma somado ao seu aprendizado, ideia, estratégia ou o que quer que tenha a necessidade em nosso mundo digital.
Obrigada por chegarem até aqui, conto com os feedbacks de todos vocês!
Até já!
Michelle D'Angelo
Postado por Skills Brasil

7 DICAS PARA A CRIAÇÃO DE CONTEÚDO PARA BLOG


1.      O que é um Blog?
Um blog é usado para fortalecer a relação entre os usuários da internet. Esta ferramenta pode ser usada como um complemento dos sites, e pode divulgar produtos, notícias, informativos, pensamentos, textos institucionais ou até mesmo um conteúdo diversificado.
2.      Como o blog funciona?
O Blog tem como função intensificar a relação dos visitantes e usuários com uma empresa, com um produto, uma causa, tese e mesmos propósitos. Isto é realizado por publicações que incluem textos, imagens, vídeos, animações e áudios, que ao serem vistos como um conteúdo relevante pelo público, geram interações e mais visitantes. Estes retornam ao blog, divulgam e compartilham as postagens gerando maior rankeamento para o SEO.
3.      O que publicar?
Assuntos que podem ser considerados relevantes pelos clientes da empresa e para visitantes da ferramenta. Criatividade é sempre um ponto positivo, por isso inove e diversifique o conteúdo das postagens. Mescle a seriedade, objetividade, veracidade e o dinamismo, porque o resultado será positivo. Seja claro e transparente, o leitor tem uma percepção positiva quando o autor sabe sobre o que está escrevendo ou veste a causa em questão.
4.      Como identificar um assunto relevante?
Publique sempre novidades, como um produto novo, um assunto que esteja em destaque dentro do nicho alvo de seu público ou algo que você saiba que será importante ser informado aos clientes e usuários. Uma ferramenta muito útil para auxiliar na geração de ideias pode ser o Google Notícias.
5.      Otimização de conteúdo
A geração de conteúdo para o blog deve ser de forma otimizada, trabalhada com técnicas atrativas de texto, boas colocação de palavras chave, que no futuro darão bons resultados ao blog, à empresa, aos clientes e seguidores. O conteúdo deve ter uma funcionalidade, se fazer útil.
6.      Comentários são importantes?
Sim, os comentários nas postagens é um método muito importante para analisar como o conteúdo está sendo absorvido e aceito pelo público. Além disso, eles agregam valor à publicação. Compartilhe em suas redes, chame seus amigos para ler o seu artigo, publique em grupos de interesses.
7.      Estrutura dos artigos:
a.      Primeiro parágrafo: Deve apresentar de forma resumida o tema que será abordado no artigo
b.     Tamanho do texto: Entre 500 e 800 palavras
c.      Imagem: Imagens atraem os olhos dos espectadores, sugiram imagens que representem e ilustrem o texto para que a agência possa seguir a sua ideia.
d.     Estrutura: Todo texto deve ter um começo (Por que, sobre o que será falado), meio (Como? Funcionalidades/ Dicas) e fim (Conclusão do tema, para que serviu esse assunto?)
e.     Palavras chave: Durante o texto, cite algumas vezes as palavras chave desse conteúdo, aquelas as quais você procuraria no Google para encontrar o seu texto (M2M, IoT, Rastreadores, etc)
f.       Títulos: Fuja da mesmice. Use títulos atraentes como listas, perguntas, dores, promessas, problemas comuns aos clientes.
g.      Linguagem: Informal, coloquial em primeira pessoa. A linguagem nesse formato ajuda para que a pessoa se envolva no texto, leia e tenha interesse em ler o próximo artigo.
Gostaram das dicas? Quero saber a sua opinião!
Compartilhe, comente, sugira novos conteúdos!
Até já! ;)
Michelle D'Angelo
Texto desenvolvido por Odu Comunicação e Design para Skills Brasil.
Postado por Skills Brasil

2 dicas SIMPLES para economizar na organização do seu próximo evento







2 dicas SIMPLES para economizar na organização do seu próximo evento
Cada dia o espaço no mundo dos negócios está mais concorrido. Empresas precisam e devem buscar estratégias de marketing que as aproximem de seus clientes, principalmente através de experiências únicas e marcantes.
Eventos são uma forma incrível de lançar um produto, impulsionar uma promoção e muito mais. Uma estratégia bastante utilizada para aproximar-se ainda mais do cliente durante um evento é produzir camisetas personalizadas. Vestir seu cliente e fazer parte de seu guarda-roupa é uma oportunidade que não pode ser desperdiçada.
Dito isso, segue nossa primeira dica:
1)     Essas camisetas podem ser gratuitas para o público e, portanto, ser um investimento, ou podem ser vendidas, minimizando o custo para a empresa. Se a qualidade da camiseta é boa, a estampa é bacana e o cliente tem uma boa relação com a marca, cobrar um custo mínimo e subsidiar a camiseta é uma boa saída para agregar esse item ao seu evento e não impactar seu bugdet.
A fabricação de camisetas personalizadas não é uma coisa nova e não costuma ser muito barato, mas para que você não tenha imprevistos indesejados e pague o melhor preço, segue nossa segunda dica.
2)     Não vá a agências para confeccionar suas camisetas. Nesse momento fábricas consolidadas te auxiliam muito. Temos um parceiro, a Voo Solto Camisetas personalizadas, que já está no mercado de confecção há 29 anos e que trabalha com tecidos de qualidade e entrega seu pedido em um curtíssimo prazo. Deixe que eles te auxiliem na escolha da malha, na estampa, modelos. Esse contato direto com a Voo Solto te garante um preço até 30% menor e uma relação direta com quem de fato está produzindo suas camisetas, evitando erros, escolhendo de perto os melhores tecidos, os tamanhos, e te ajuda a ter a confiança que seu evento terá as camisetas como você escolheu pagando bem menos por isso!
Conheça mais sobre a empresa em Camisetas personalizadas Voosolto, ou visite algumas de suas especialidades:
·       Camisetas para eventos;
·       Uniformes para empresas;
Se curtiu, compartilhe e deixe seu comentário!


segunda-feira, 24 de julho de 2017
Postado por Skills Brasil

Posts Populares

R Terra, 240 sl 102 - Santa Lúcia, Belo Horizonte/MG- CEP: 30360-500

Telefone: +55 31 3243 4683 - E-mail: contato@acskillsgroup.com


©Copyright 2014 - Skills Brasil. Todos os direitos reservados.